Seja você um fã de videogames das antigas ou mais novo, certamente já ouviu falar do Sonic, o ouriço azul que foi estrela de diversos jogos da Sega. Criado por Yuji Naka e Naoto Oshima para ser um substituto Alex Kidd como mascote da Sega, ele teve a sua primeira aparição na CES (Consumer Electronics Show) em 1990 e desde então se tornou uma das principais ferramentas da Sega em sua guerra contra a gigante Nintendo.

O jogo de estreia de Sonic foi Sonic the Hedgehog, lançado inicialmente para o Genesis em 1991 no Japão. A chegada do Sonic no Brasil aconteceu graças à Tectoy, que se tornou parceira da Sega e começou a trazer os seus principais produtos para o público brasileiro, e é claro que os jogos do ouriço não poderiam faltar!

O personagem tem uma história rica e cheia de fatos interessantes, mas o nosso foco hoje será no Brasil. Confira algumas curiosidades sobre o Sonic no Brasil!

Chegada do Sonic no Brasil

LEAD Technologies Inc. V1.01

Com o seu estilo radical e carismático, o Sonic conquistou o público brasileiro e ajudou ainda mais no sucesso dos produtos da Sega por aqui. Quando ele teve o seu primeiro jogo lançado, a Tectoy já tinha se estabelecido como parceira da Sega no Brasil e não demorou para os jogos dele virem para cá. Tanto a versão de Mega Drive quanto a de Master System foram um grande sucesso.

Quando o Master System III com Alex Kidd na memória foi lançado, a empresa já oferecia alguns brindes do Sonic para agradar ao público, mas depois foi lançado o Master System III com Sonic na memória, com direito ao slogan “Uma jogada rápida da Tectoy!” nas propagandas.

Sonic e Ayrton Senna sobem no pódio

A imagem do piloto Ayrton Senna levantando um troféu do Sonic marca um momento épico não só para os gamers, mas também para os fãs de Fórmula 1.

O evento aconteceu na Inglaterra em 1993 durante a corrida chamada “XXXVIII Sega European Grand Prix”. Na época, a Sega era patrocinadora da F1 e da equipe Williams, com direito até a carros e uniformes de corredores com as cores inspiradas em Sonic. A Sega aproveitou o momento para promover o seu personagem, criando um troféu decorativo que seria exibido antes do troféu oficial.

A ideia era que os pilotos da Williams fossem os vencedores e receberiam o troféu, mas no fim das contas as coisas não foram bem assim. O brasileiro Ayrton Senna dominou a corrida e ficou em primeiro lugar, ostentando o troféu do Sonic. Mesmo não sendo intencional, acabou sendo uma baita publicidade para a Sega de qualquer forma, principalmente para o público brasileiro que vibrou com o momento.

Dos videogames para as telinhas

Com o sucesso do personagem nos videogames, logo ele apareceu em outras mídias. Entre 1994 e 1995 a Rede Globo transmitiu a animação Sonic the Hedgehog (ou Sonic Saturday AM) com dublagem da Gabia. Depois ela foi redublada pelo Estúdio de Dublagem Herbert Richers e exibida no SBT de 1999 a 2002.

Outra animação de Sonic exibida na TV brasileira foi Sonic X, que fez parte da programação da TV Globinho.

Essas são algumas curiosidades do Sonic no Brasil. Lembra de mais alguma? Comente com a gente!

Comentários