O lançamento de Pokémon Sword & Shield tem sido um tanto controverso. Com algumas cópias já disponíveis, os dataminers começaram a olhar os arquivos do jogo e descobriram que a Game Freak havia mentido sobre o uso de modelos reutilizados.

Isso gerou uma certa revolta, pois o tempo para remodelar centenas de personagens foi apontado como um dos motivos para a redução da Pokédex. Agora, a guerra chegou a um ponto em que jogadores estão postando vídeos modificados do jogo para tentar prejudicar a sua imagem.

Recentemente uma pessoa identificada apenas como C.R. levou a tentativa de boicote ao jogo ao próximo nível criando uma petição na Casa Branca para que Sword e Shield tivessem suas vendas proibidas nos EUA.

“Presidente Trump e Congresso, os novos jogos de Pokémon da Game Freak e Nintendo estão impactando negativamente o mercado com decisões questionáveis. Acreditamos que se as vendas pararem, isso vai acordar a Game Freak e teremos qualidade novamente,” diz o criador da petição.

Até o momento em que este post foi escrito, apenas 58 pessoas haviam assinado a petição. Pokémon Sword & Shield serão lançados ainda essa semana, no dia 15 de novembro.

Comentários