Nos anos 90, a Nintendo e a Sony fizeram uma parceria para que o Super Nintendo tivesse um periférico que tocasse mídia em CD-ROM de modo semelhante ao SEGA CD com o Mega Drive.

Esse era o nascimento do primeiro PlayStation, que depois do rompimento entre as duas empresas, a Sony decidiu modificar o projeto e fazer um console separado.

O protótipo desenvolvido pela Sony e pela Nintendo que, até então, só era visto em imagens promocionais, será vendido. Isso porque o norte-americano Terry Diebold simplesmente encontrou o console em um sótão e, desde então, ele está sendo exibido em exposições.

A expectativa é que este seja um dos maiores leilões da história dos games. Fica a pergunta: até quanto esse videogame pode chegar?

Jornalista, ganhou popularidade na internet por ser o dono do Planeta Sonic, um dos maiores canais do YouTube no Brasil sobre o mascote da SEGA. Trabalha há mais de dez anos escrevendo sobre games para diversos canais importantes do país.
Comentários